Prefeitura de Monte Alegre confirma que Kerinho ocupava cargo durante a campanha; juiz informa que processo é prioridade

A Prefeitura de Monte Alegre confirmou, por meio de ofício demandado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN), que Kericles Alves, o “Kerinho”, não se desincompatibilizou do cargo comissionado que exerceu no município durante toda a campanha eleitoral de 2018.

Segundo o documento assinado pelo prefeito Severino Rodrigues da Silva, de 1º de fevereiro de 2017 até 30 de dezembro de 2018, Kericles foi coordenador de apoio aos Conselhos, junto à Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social. Folhas de pagamento foram anexadas como comprovantes da declaração.

De acordo com a lei, ele precisava se desligar da função para ser candidato a deputado federal.

Foram os votos recebidos por Kerinho que ajudaram o atual deputado federal Beto Rosado (PP) a ter a cadeira na Câmara dos Deputados. Com a impugnação da candidatura ilegal de Kerinho, e a consequente recontagem de votos e quociente eleitoral, Beto Rosado deve perder o cargo para o ex-deputado estadual Fernando Mineiro (PT) dois anos depois da Eleição.

O gabinete do relator do processo, o juiz Ricardo Tinôco de Góes, informou apenas que o processo está tramitando pelo TRE-RN e que é tratado como prioridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *