A imagem se repete e a fé continua intacta

De portas fechadas, devido a pandemia, a nossa Igreja Matriz sinalizou para os mipibuenses que hoje é dia de celebrar Domingo de Ramos.

O tecido vermelho e os ramos verde, convida os católicos a viverem o início da Semana Santa.

Na Missa transmitida pelas redes sociais da paróquia, o pároco e celebrante Padre Lenilson, destacou na homilia o amor de Deus para com o seu povo.

Ao final da Missa, agradeceu a todos que fizeram a decoração da Igreja Matriz para a celebração desse domingo.

Enfim, falo que a imagem se repete, pois a Igreja está de portas fechadas, porém o povo continua com sua fé intacta.

Pediu a cabeça

Na política, existe o “pedir a cabeça”, quando um membro do grupo está insatisfeito com outro membro.

Recentemente, recebi a informação que um vereador de uma cidade, está insatisfeito com um novato membro do grupo que ele faz parte e já correu para pedir a cabeça ao prefeito da Cidade.

O mesmo já foi até em uma lanchonete e disse que só não engole o novato, porque a garganta é pequena.

Eu aconselhei ao vereador, que é melhor ele cuidar do mandato dele, porque a tinta da caneta dele só serve para assinar matérias legislativas.

Pediu a cabeça

Na política, existe o “pedir a cabeça”, quando um membro do grupo está insatisfeito com outro membro.

Recentemente, recebi a informação que um vereador de uma cidade, está insatisfeito com um novato membro do grupo que ele faz parte e já correu para pedir a cabeça ao prefeito da Cidade.

O mesmo já foi até em uma lanchonete e disse que só não engole o novato, porque a garganta é pequena.

Eu aconselhei ao vereador, que é melhor ele cuidar do mandato dele, porque a tinta da caneta dele só serve para assinar matérias legislativas.

Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira, apresentou Kélia Serafim como pré-candidata a vereadora

Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira, apresentou Kélia Serafim como pré-candidata a vereadora
Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira e Kélia Serafim, pré-candidata a vereadora pelo PL – Foto feita antes da pandemia

Na tarde de hoje, a pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira, divulgou a pré-candidatura de Kélia Serafim em suas redes sociais.

Norma escreveu:

Apresento a nossa pré-candidata a vereadora Kélia Serafim, mãe, mulher e amiga. Kélia já exerceu vários cargos públicos, entre eles dois mandatos de vereadora.

Kélia Serafim, como é conhecida, é bacharela em direito, eleita vereadora pela primeira vez em 2004, sendo a mais jovem vereadora eleita da história de São José de Mipibu, foi reeleita para seu segundo mandato em 2008, ao lado da então prefeita Norma Ferreira, onde lutaram e fizeram história em prol do povo mipibuense.
Kélia, exerceu o cargo de secretária de cultura municipal, onde sua bandeira era o resgate da nossa história e das nossas riquezas culturais, sempre buscando dar voz e vez aos que precisam. Atualmente está filiada ao PL e mais uma vez está ao lado da pré candidata a prefeita e amiga, Norma Ferreira. Kélia Serafim é pré candidata a vereadora. Sua luta continua respaldada na justiça, igualdade social, geração de emprego e renda.

Neco Vieira está Pré-candidato a vereador pelo PL da Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira

Neco Vieira está Pré-candidato a vereador pelo PL da Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira
Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira e Neco Vieira, pré-candidato a vereador pelo PL – Foto feita antes da pandemia

A Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira – PL, apresentou hoje mais um nome como pré-candidato a vereador pelo seu partido, o PL.

O nome apresentado é o do senhor Neco Vieira, grande homem do campo que se coloca como pré-candidato a uma vaga na Câmara Municipal de São José de Mipibu.

Manoel Sebastião de Oliveira, conhecido popularmente por Neco Vieira, é natural de Goianinha-RN e reside em São José de Mipibu, desde de 1949. Seu Neco é agricultor ,desde os 8 anos de idade, e sabe da importância que tem o homem do campo. Seu maior desejo é valorizar o pequeno e o grande agricultor.

Bruno Pontes está pré-candidato a Vereador pelo PL de Norma Ferreira

Bruno Pontes está pré-candidato a Vereador pelo PL de Norma Ferreira
Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira e o Bruno Pontes, pré candidato a vereador pelo PLFoto feita antes da pandemia

A Pré-candidata a Prefeita Norma Ferreira, terá como Pré-candidato a vereador pelo Partido Liberal, o jovem Blogueiro Bruno Pontes.

Bruno é natural de São José de Mipibu, mora no Tancredo Neves e sempre defendeu aquela comunidade, desejando dias melhores.

Bruno Pontes, nascido e criado em São José de Mipibu, de família simples e com muito amor no coração, cresceu na comunidade do Tancredo Neves, a dois quilômetros do centro da cidade, educou-se vendo as dificuldades dos munícipes e inspirou-se na criação de projetos e ações sociais, com o intuito de ajudar seus concidadãos. Não apenas na sua comunidade, porém em todas as demais, reuniu-se com amigos para arrecadar alimentos para fazer cestas básicas, doando-as em datas comemorativas a exemplo do dia das mães, dos pais, das crianças, natal etc. Diante do seu empenho nessas atividades sociais, Bruno Pontes foi encorajado pelos seus amigos e familiares à disputa de um cargo eletivo, para mais e melhor servir às comunidades.

A turma do engenho vive o canto do cisne. Que triste fim!

A turma do engenho vive o canto do cisne. Que triste fim!

Diz a lenda, que é uma referência a uma antiga crença, de que o cisne-branco (Cygnus olor) é completamente mudo durante toda a sua vida, mas pode cantar uma bela e triste canção, imediatamente antes de morrer.

No ocaso de uma triste administração, nos estertores, com uma pandemia como pano de fundo, o gestor ou “sub gestor”, vive de decretos constritivos sem dar qualquer satisfação aos produtores de riquezas do município.

Qual o custo de convidar os atingidos, à uma conversa de esclarecimentos, e ouvir suas sugestões?

Não é a prática dos senhores de mando. Impõe-se e ai de quem discorda.

É uma revolta geral. Comerciantes, prestadores de serviço, etc, lamentam essa forma de procedimento. Todos querem contribuir, sugerir, participar das decisões e, em consenso, decidir o que é melhor para os munícipes.

Fazem ouvidos moucos, descartam a convivência democrática e ainda indicam, no afã de manter-se governando, um testa de ferro, submisso, para representá-los na eleição que se aproxima, almejando governar por procuração.

A hora se aproxima… Busquemos alguém democrático, sensível, coparticipativo e humano. Precisamos de alguém que seja mais do que um gestor, precisamos de um parceiro que ao decidir, ouça os interessados e divulgue, de forma propositiva, as razões das escolhas adequadas às necessidades e aos reclamos dos cidadãos.

O dia se aproxima…

Não nos esqueceremos, jamais, do abandono e incomunicabilidade que vivenciamos em um momento tão grave, de carência de gestores que se sensibilizem com o sofrimento dos que perdem seus parentes, mais queridos, e temem pela sua própria sobrevivência.

Com uma condução débil, reclusa, abjeta e insensível, visualizamos a face dos que, à força da prepotência, desejam eternizar-se no poder.

Basta! Cansamos!