Câmara dos Vereadores do Rio decide hoje se cassa mandato de Dr. Jairinho

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro deve abrir, nesta quarta-feira (21), processo de cassação do mandato do Dr. Jairinho (sem partido), acusado e preso pela morte do menino Henry Borel. O Conselho de Ética da Casa Legislativa vai se reunir extraordinariamente para decidir.

Dr. Jairinho foi expulso de seu partido, o Solidariedade, em 8 de abril, dia de sua prisão. “Diante dos novos fatos revelados, a Executiva Nacional do Solidariedade, em conjunto com a estadual do partido, resolve expulsar, de forma sumária, o vereador Dr. Jairinho”, informou o Solidariedade à época do fato.

Sem partido, o vereador também foi suspenso da Comissão de Justiça e Redação pelo presidente da Câmara dos Vereadores, Carlo Caiado (DEM), no dia 19 de abril.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *